“Tereza Grossi já foi tarde”, diz Babá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 18 de fevereiro de 2003 as 21:23, por: cdb

O deputado federal João Batista Oliveira (PT-PA), o Babá, disse hoje a saída de Tereza Grossi da diretoria de Fiscalização do Banco Central “foi tarde”.

A bancada do PT no Congresso pediu formalmente o afastamento de Tereza Grossi, funcionária de carreira do BC, devido ao seu envolvimento no socorro oferecido aos bancos Marka e FonteCindam na maxidesvalorização do real, ocorrida janeiro de 1999.

A substituição de Tereza Grossi e de mais dois diretores do BC foi anunciada hoje pelo ministro da Fazenda, Antonio Palocci. Também saíram os diretores Luiz Fernando Figueiredo (Política Monetária) e Edison Bernardes dos Santos (Administração).

Apesar de dizer que a substituição dos diretores “foi positiva”, Babá quer uma mudança mais radical na equipe do BC. “Todos os diretores do BC devem ser trocados. Não apenas esses três. Todos foram escolhidos por Armínio Fraga [ex-presidente do BC] e representam a continuidade da política monetária de Fernando Henrique Cardoso.”

O deputado, que integra a ala radical do PT, disse que a decisão de Palocci de substituir alguns diretores do BC não mudará o posicionamento sobre a autonomia operacional da instituição. A autonomia operacional do BC é uma das prioridades de Palocci.

”A troca desses diretores mostra que o governo está nos escutando pelo menos em alguma coisa. Mas não aceitaremos essa medida como moeda de troca para aprovar esse projeto”.