Tentativa de seqüestro de avião é frustrada na Europa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 27 de novembro de 2002 as 16:28, por: cdb

Um homem foi detido nesta quarta-feira pela polícia francesa depois de tentar seqüestrar um avião da Alitalia que seguia da cidade italiana de Bolonha para Paris, informaram autoridades.

A aeronave, um MD-80 com 57 passageiros e sete tripulantes a bordo, foi desviada e pousou a salvo no aeroporto da cidade francesa de Lyon.

Ninguém ficou ferido no incidente, ainda de acordo com as autoridades.

O autor da ação foi identificado pela polícia francesa como Stefano Saborini, um italiano de 29 anos nascido em Ímola.

Quando o avião sobrevoava a Suíça, Saborini invadiu a cabina do piloto, segurando um controle remoto, e anunciou o seqüestro. O homem ameaçou explodir a aeronave.

“Sou da Al Qaeda”, gritou, referindo-se à rede terrorista chefiada por Osama bin Laden.

De acordo com o correspondente da CNN em Roma, Alessio Vinci, Saborini já havia tentado anteriormente seqüestrar um avião durante um vôo entre Marselha e Paris.

“Ele tem um histórico de problemas mentais e passagens pela Polícia”, disse Vinci. “Ele segurava algo como um controle remoto, mas ninguém tinha certeza de que o mesmo estivesse conectado a qualquer coisa”.

Ainda segundo Vinci, Saborini ordenou que os pilotos aterrissassem.

“Quando o avião pousou em Lyon, ele soltou todo mundo e saiu, sendo preso”, prosseguiu Vinci. “Foi a mais bizarra das tentativas de seqüestro”.

O avião está parado no aeroporto Saint-Exupéry. O correspondente da CNN em Paris, Jim Bitterman, informou que as autoridades não encontraram nenhum explosivo ou arma a bordo.