Tentativa de assalto gera pânico e mortes em ônibus no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de outubro de 2002 as 23:46, por: cdb

Três pessoas morreram e 13 ficaram feridas, três delas em estado grave, em conseqüência de um assalto a um ônibus na rodovia Presidente Dutra, município de São João de Meriti, na Baixada Fluminese.

Segundo policiais e testemunhas, uma passageira fez sinal para o ônibus parar na altura da localidade de Agostinho Porto, e dois homens entraram no coletivo.

Em seguida, a dupla anunciou o assalto, mas o policial civil Sérgio de Oliveira Miranda, de 40 anos, que estava no fundo do ônibus, reagiu.

Houve uma intensa troca de tiros no interior do veículo, que resultou nas mortes do suposto assaltante Luis Fernando da Cunha Barbosa, de 22, do passageiro José Reis, de 38 anos, e do policial civil.

As outras 13 vítimas estavam sendo atendidas no hospital Getúlio Vargas e, segundo os médicos, seis por ferimentos de bala e as demais com crise nervosa.

Um dos casos mais delicados era o de Patrícia Bezerra da Silva, que foi atingida no olho e seria transferida para o Hospital Souza Aguiar.

Quatro dos 13 feridos já foram liberados e passam bem. O segundo assaltante fugiu.