Tempestades deixam mortos e feridos nos EUA e no México

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 27 de maio de 2015 as 12:26, por: cdb
Os Estados norte-americanos do Texas e de Oklahoma e o Norte do México têm enfrentado alterações atmosféricas, incluindo tornados
Os Estados norte-americanos do Texas e de Oklahoma e o Norte do México têm enfrentado alterações atmosféricas, incluindo tornados

 

Tempestades deixaram nesta quarta-feira grande parte do Estado do Texas inundado, depois de o mau tempo ter causado a morte de pelo menos 28 pessoas nos Estados Unidos e no México.

Os Estados norte-americanos do Texas e de Oklahoma e o Norte do México têm enfrentado alterações atmosféricas, incluindo tornados, que causaram mortes e deixaram desaparecidos e feridos, nos dois lados da fronteira.

Mais de 25 centímetros de chuva por metro quadrado caíram em poucas horas na cidade de Houston, na terça-feira, causando as piores cheias da última década.

Centenas de veículos, alguns totalmente submersos, ficaram abandonados nas ruas da cidade. Algumas pessoas ficaram presas nos seus carros ou casas, quando o nível das águas começou a subir.

Tornado no México

Um tornado, atípico pela intensidade, causou na segunda-feira pelo menos 13 mortos em Ciudad Acuña, no Estado mexicano de Coahuila, onde em apenas seis segundos causou também danos materiais consideráveis, informaram fontes oficiais. Além dos mortos, 229 pessoas ficaram feridas, divulgou a Secretaria do Governo federal.

A instituição emitiu uma declaração de emergência para o município de Acuña, a partir da qual “as autoridades do Governo estatal contam com recursos para responder às necessidades alimentícias, de alojamento e de saúde da população afetada”.

O secretário de Governo de Coahuila, Víctor Zamora, admitiu que os números podem aumentar, pois continuam os trabalhos de remoção de escombros deixados pelo tornado, considerado atípico para esta área do México e que afetou quatro localidades a sudeste de Ciudad Acuña, que faz fronteira com os Estados Unidos.