‘Temos muito trabalho no Iraque’, afirma Bush

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 16:12, por: cdb

O presidente norte-americano George W. Bush admitiu nesta segunda-feira que os Estados Unidos têm muito trabalho por fazer no Iraque. Além disso, afirmou que os americanos não abandonarão o país antes de terem estabelecido um governo democrático.

– Temos muito trabalho por fazer no Iraque. Não estamos lá há muito tempo -, declarou Bush em Albuquerque (Novo México, sul).

– Há menos de 60 dias que começamos nosso trabalho e não apenas eliminamos um regime que ameaçava nossa segurança e mantinha o povo americano como refém, não apenas eliminamos um regime que subjugava seu próprio povo, mas permaneceremos o tempo que for necessário para garantir que o povo iraquiano tenha a segurança necessária, a alimentação necessária e as condições necessárias para ter um governo representantivo do povo iraquiano -, declarou Bush.

O presidente fez estas declarações pouco depois da chegada do novo administrador americano em Bagdá, Paul Bremer, num momento em que a presença dos Estados Unidos no Iraque é criticada pela lentidão de seus esforços de reconstrução.

O grupo de reconstrução teve ontem sua primeira mudança, com a saída da responsável pelo centro do Iraque, Barbara Bodin, que anunciou, segundo o jornal Washington Post, a saída em um mês de Jay Garner, atual administrador civil, cuja equipe foi criticada por causa da lentidão de sua gestão.

No entanto, Garner afirmou que as versões sobre sua saída são errôneas.