‘Temos 100% de vencer’, diz advogado sobre o vôo 1907

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de novembro de 2006 as 19:43, por: cdb

O advogado americano Manuel Von Ribbeck, que representa até agora 40 famílias de vítimas do vôo 1907 da Gol, que caiu em 29 de setembro em Mato Grosso, afirmou ter 100% de chances de ganhar os processos de indenização.

– O passageiro sempre ganha. Não há a menor possibilidade de perdermos este caso -, garantiu ele, que disse não ter perdido nenhuma das dez ações em que atuou envolvendo acidentes aéreos.

Ribbeck não especulou sobre a quantia a ser paga para a família das vítimas, mas citou como exemplo um caso de um acidente aéreo em 1997 na Argentina, em que 60 famílias receberam um total de US$ 378 milhões. Ele está propondo ações individuais, e não coletivas, que levarão em conta o salário, o estado civil e se o passageiro tinha filhos. O processo deve durar de dois a três anos.

O advogado falou com a imprensa na tarde desta quinta-feira em um hotel de São Paulo, acompanhado do perito canadense Max Vermij e de dois representantes das famílias das vítimas do acidente. Ele fez duros ataques aos pilotos do jato Legacy, Joe Lepore e Jan Palladino, suspeitos de terem provocado o acidente.