Técnicos constatam que rede de saúde de Nova Friburgo está organizada para enfrentar problemas das chuvas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 3 de janeiro de 2012 as 22:14, por: cdb

Douglas Corrêa
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Técnicos da Subsecretaria de Vigilância e Atenção a Saúde do estado estiveram hoje (3) em Nova Friburgo para avaliar a situação do município após a chuva dos últimos dias na região serrana fluminense. Eles verificaram os planos de contingência para os casos de enchentes, os estoques de insumos e vacinas, a situação dos prontos-socorros e dos locais de abrigo para desalojados e dos pontos de apoio estabelecidos pela Secretaria de Estado de Defesa Civil.

De acordo com a subsecretária Hellen Miyamoto, os hospitais públicos e particulares do município estão funcionando normalmente, com as equipes de plantão organizadas. “Encontramos hoje uma situação bem diferente do que vimos em janeiro do ano passado. Em um ano, a equipe do município se organizou e preparou um mínimo de estrutura para enfrentar as chuvas de verão. Avaliamos todas as unidades, e existe um plano bem estruturado”, disse.

Os técnicos constataram ainda que há estoques suficientes em Nova Friburgo para iniciar uma vacinação, sobretudo contra tétano, doença mais comum após enchentes. O estoque de hipoclorito de sódio estava baixo e 2 mil frascos foram disponibilizados pelo estado. A solução é usada para desinfecção de pacientes e da água.

O governador Sérgio Cabral disse hoje (3) em visita a Nova Friburgo, que no próximo dia 11 haverá o lançamento de um pacote de obras para a região serrana. Serão construídos 2,2 mil apartamentos pelo Programa Minha Casa, Minha Vida, com contrapartida do estado. No mesmo dia será anunciada a complementação das obras de contenção de encostas e iniciada a dragagem dos rios da região, com recursos do Ministério das Cidades, no valor de R$ 330 milhões, liberados no final de novembro pelo governo federal.

 

Edição: Aécio Amado