Técnica com células-tronco pode acelerar cura de fraturas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008 as 15:24, por: cdb

Cientistas da Universidade de Edimburgo, na Escócia, revelaram que estão desenvolvendo um novo tratamento para fraturas nos ossos e lesões nas cartilagens que utiliza células-tronco do próprio paciente.

Eles estão tentando criar uma espécie de “andaime bioativo” com as células-tronco. Trata-se de uma espécie de tela rígida, com uma droga para ajudar na fixação das células-tronco, que seria colocada perto da lesão, dentro do corpo.

A idéia dos cientistas é estimular as células-tronco do “andaime” a se desenvolver formando tecido ósseo ou cartilaginoso.

A expectativa é de que a novidade possa ser testada em pacientes dentro de dois anos.

Idosos

Os cirurgiões disseram que a técnica poderia reparar lesões traumáticas tidas como difíceis de ser curadas normalmente.

Brendon Noble, que liderou a pesquisa, disse que, inicialmente, os cientistas pretendem tratar lesões de cartilagem que tendem a não curar bem, ou fraturas ósseas causadas por traumas severos, como acidentes de moto.

Pacientes idosos com fraturas também têm tendência a enfrentar dificuldades no processo de cura, disse ele.

O tratamento também poderia ter impacto no tratamento de doenças como a osteoartrite, uma doença que atinge muitas pessoas com mais idade.

Receita

A chave para o sucesso da técnica seria acertar na “receita” para estimular as células-tronco a se desenvolver corretamente, explicou Noble, que trabalha no Centro de Medicina Regenerativa MRC, da Universidade de Edimburgo.

Ele explicou que estudos anteriores já investigaram o que leva uma célula-tronco a se tornar um tipo específico de célula, e estudiosos conseguiram “moldar” as estruturas em laboratório.

O desafio, agora, seria repetir o processo com as células-tronco dentro do corpo, no “andaime bioativo”.

Além de usar células-tronco da medula óssea, a equipe liderada pelo cientista Brendon Noble está trabalhando com o Serviço Nacional Escocês de Transfusão de Sangue para cultivar essas células a partir do sangue.