TCE-RJ fará devassa em contratos da Guatama

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 23 de maio de 2007 as 16:36, por: cdb

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Janeiro (TCE-RJ) deve devassar, a partir da próxima semana, as contas da Construtora Gautama Ltda., a empreiteira envolvida no esquema de fraudes e pagamentos de propinas, descoberta pela Operação Navalha, da Polícia Federal.

Técnicos do TCE-RJ começaram o planejamento para reavaliar todos os processos de obras que envolvem a participação da empresa que tiveram contrapartida dos municípios do estado ou da Companhia Estadual de Habitação (Cehab).

Á pedido do presidente do TCE, José Maurício de Lima Nolasco serão revistos inclusive processos que foram arquivados, como o projeto de obras de infra-estrutura em favelas de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, contratado em dezembro de 1999.

Ou ainda os processos de pedidos de prorrogação de prazo para a realização das obras, como o de melhorias sócio-ambientais do Parque Juriti e do Morro do Pau Branco, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, arquivado em dezembro de 2005. Só esta obra foi orçada em R$ 41 milhões.

Ao todo, de acordo com o TCE, a Gautama está em envolvida em pelo menos 19 contratos, com valor total de R$ 230 milhões no estado do Rio. O maior dos contratos foi firmado com o município de São Gonçalo, na Região Metropolitana, no valor de R$ 147,4 milhões.