Tasso critica programas sociais do governo Lula

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de abril de 2003 as 18:13, por: cdb

Querendo firmar-se como oposição, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) fez nesta sexta-feira duras críticas aos programas sociais do governo Lula e reclamou da ausência de nordestinos nos conselhos criados pelo presidente.

Durante palestra sobre a pobreza, em Fortaleza, assistida por 2.500 pessoas, a maioria de agricultores, o tucano disse que “a efetividade do Fome Zero seria cem vezes maior se se pegasse tudo que (o ex-presidente) Fernando Henrique fez e aprimorasse, ajustasse”.

De acordo com ele, pobreza tem nome e endereço. “Chama-se Nordeste e fica na área rural”, disse Tasso, que governou o Ceará por oito anos. Segundo ele, a pobreza da região não foi reconhecida pelo antigo governo nem pelo atual. Para o senador, Lula não conseguiu transmitir a vontade de, como nordestino, corrigir o problema.

Criticando a ausência de nordestinos nos conselhos criados pelo governo federal, Tasso disse que eles são integrados por “sábios arrogantes de São Paulo, que estão dizendo como nossa comunidade deve proceder”.

Elogios só para o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, que, segundo Tasso, tem feito “um trabalho muito bom”. Quanto ao resto da equipe, criticou o senador, “ainda não disse a que veio”.