Tarifas dos Correios mais caras: 10,3% de aumento

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de agosto de 2002 as 11:36, por: cdb

As tarifas dos correios serão reajustadas em 10,3%, em média. A informação foi divulgada pelo Ministério das Comunicações e o reajuste entra em vigor amanhã. Segundo o Ministério, o preço da carta não comercial passa de R$ 0,40 para R$ 0,45. A carta comercial passa de R$ 0,55 para R$ 0,60, já incluídos Cofins e Pasep.
O serviço de malotes terá um aumento médio de 0,9% e os serviços telegráficos serão corrigidos em 9,6%. O preço da carta social (enviada de pessoa física para pessoa física e com envelope manuscrito) permanece em R$ 0,01. O Ministério informou também que nos mercados de livre concorrência os correios reajustarão em 6,2% o vale postal e em 10,7% impressos e porte pago. A tarifa internacional não terá reajuste. Segundo o Ministério, o aumento é inferior à variação do IGP-M medida desde o último reajuste, em julho de 2001, que foi de 11,61%.