Suplicy pede a Lula para apoiar permanência de Heloisa Helena no PT

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de novembro de 2003 as 14:06, por: cdb

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) fezr um apelo para que o PT não expulse sua colega Heloísa Helena (AL) do partido. Da tribuna do Senado, ele disse que tratou a questão diretamente com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ontem, por telefone.

Assim como vinha anunciando desde as discussões da proposta, a senadora contrariou a orientação da bancada e votou contra a reforma da Previdência.

Nesta sexta, Suplicy afirmou no plenário do Senado que teve uma conversa com o presidente, na qual defendeu que seria melhor para o PT “não chegar à decisão extrema de excluir de seus quadros a senadora”.

“Transmiti ao presidente Lula que estarei observando, nos próximos dias, que melhor será para o PT que tenhamos uma decisão com espírito de generosidade, levando-se em conta ainda que teremos aqui aprovada a proposta da reforma da Previdência, que suscitou todos esses debates”, disse o senador.

A decisão sobre a expulsão ou não de Helena e outros deputados federais –Babá (PA), Luciana Genro (RS) e João Fontes (SE)– será anunciada nos dias 13 ou 14 de dezembro, quando haverá reunião do Diretório Nacional da legenda.

“Ainda que possa haver alguns erros na avaliação da senadora, como em relação à questão dos filhos da pobreza, acho que deve ser compreendido que ela votou por convicção no que ela tanto acreditava, o que deve ser objeto de análise”, afirmou.

Suplicy disse ainda que da decisão do PT de fechar questão em relação à reforma da Previdência à medida extrema da expulsão “vai um longo caminho”.