Supervírus já infectou 2,2 milhões de computadores em apenas três dias

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de setembro de 2001 as 18:24, por: cdb

O vírus Nimda – praga virtual que ataca tanto servidores quanto micros pessoais – já causou prejuízos de cerca de US$ 370 milhões em apenas três dias. A informação é do instituto de pesquisas Computer Economics que acredita que este valor esteja diretamente ligado às perdas relacionadas ao processo de “limpeza” (remoção do vírus) dos computadores e à perda de produtividade gerada pelas infecções.

Em seu relatório sobre o alcance da nova praga virtual, o instituto estima que só nos três primeiros dias o Nimda já tenha infectado em torno de 2,2 milhões de computadores ao redor do mundo. Apesar disso, o invasor vem diminuindo o ímpeto nos últimos dias, já que empresas e usuários estão atualizando seus sistemas de proteção, entre outras medidas para combater a ameaça. De qualquer maneira, o instituto acredita qua ainda devem ser gastos pelo menos mais US$ 200 milhões conta do Nimda.

Entre as vítimas da praga virtual estão empresas como a Microsoft, Siemens, General Electric e Yahoo, além dos servidores da prefeitura de São Paulo (que tirou alguns sites ontem do ar, entre eles o portal http://www.prefeitura.sp.gov.br, para a remoção do vírus).