STTP implanta canteiro central e proíbe conversão à esquerda na Rua Aprígio Veloso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2012 as 12:14, por: cdb

A Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande, a STTP, está trabalhando em um novo projeto de mobilidade a fim de gerar mais fluidez no movimento de veículos, proporcionando melhores condições de tráfego aos campinenses.

Dessa vez é a população dos bairros de Bodocongó e Bela Vista que irão se beneficiar com as novas alterações de trânsito que já estão sendo postas em práticas pelo órgão. Será criado o binário de Bodocongó que irá mudar algumas rotas, transformando trechos considerados críticos para motoristas e pedestres, em vias com maior segurança.

Para esse projeto já estão sendo realizados alguns trabalhos de interdições de vias como é o caso do trecho próximo a igreja de Bodocongó que dá acesso a área central da cidade. O local já está passando por algumas mudanças, inclusive com a realização implantação de um extenso canteiro central dividindo a via, culminando com a proibição de conversão à esquerda, sentido centro-bairro que dava acesso à Rua Carlos Alberto de Souza, cujo objetivo é priorizar a segurança e a fluidez de todos que utilizam aquela artéria.

O futuro binário de Bodocongó vai englobar principalmente a desobstrução das ruas Arrojado Lisboa com Pedro II, proporcionando mais tranqüilidade e um trânsito mais livre em trechos com acessos dificultosos como nas proximidades da igreja até a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

“Vamos resolver aquele imbróglio de intenso tráfego de veículos naquelas vias, com o projeto sendo iniciado a partir da Rua Arrojado Lisboa, no trecho da Praça Félix Araújo, até a UFCG. Inclusive, utilizando também todo o trecho da Rua João Alves de Lira, que é pouco utilizada”, disse o superintendente da STTP, Salomão Augusto.

Assim como o projeto do binário da Palmeira, a implantação do binário de Bodocongó está sendo planejado como mais uma alternativa de usar as vias públicas com maior facilidade, com sentido centro-bairro pela Rua Arrojado Lisboa/Aprígio Veloso e sentido bairro-centro, pela Rua João Alves de Lira.

Os técnicos da STTP estudaram o local, que já vinha sendo alvo de bastantes solicitações. Em algumas semanas o projeto que prioriza a segurança de condutores e pedestres, estará em funcionamento, trazendo mais mobilidade a quem se dirige a outros bairros de Campina Grande.