STJunior recebe premiação nacional de comunicação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de junho de 2011 as 13:01, por: cdb

O STJunior, site infantojuvenil do Superior Tribunal de Justiça, foi o vencedor do 9º Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça na categoria “Conteúdo Web”. O prêmio foi entregue durante o 7º Congresso Brasileiro de Assessoria de Comunicação da Justiça (Conbrascon), realizado no Rio de Janeiro, de 20 a 22 deste mês. O STJ é o primeiro tribunal superior a desenvolver um site voltado ao público infanto-juvenil.

Além do primeiro lugar em conteúdo web, o STJunior também recebeu outro prêmio: o terceiro lugar na categoria “Voto Popular”. A reportagem inscrita pela Coordenadoria de Rádio do Tribunal, intitulada “STJ combate os crimes nas redes sociais”, por sua vez, conquistou o segundo lugar nacional em sua categoria. Para conhecer o STJunior, basta clicar no link a seguir: site infantojuvenil. 

Justiça em quadrinhos e jogos

Projetado não apenas para traduzir a linguagem jurídica para crianças e adolescentes, mas também para que elas compreendam o papel da Justiça nas relações da sociedade moderna, o STJunior, com a ajuda de seis divertidos personagens e em formato de histórias em quadrinhos, jogos e outras atrações, explica o trabalho do STJ e a importância daqueles que fazem com que o Judiciário cumpra sua função de interpretar e aplicar as leis.

O site foi construído pela Secretaria de Comunicação Social, em parceria com as Secretarias de Documentação e de Tecnologia da Informação. Para a autora do projeto, a servidora Monica Andrade, o sucesso do STJunior deve-se à união da equipe, formada por servidores, terceirizados e estagiários. “Todos trabalhamos em sintonia, com muita dedicação e compromisso com o Judiciário, mas, sobretudo, com as crianças e os adolescentes, que têm no STJunior uma fonte de noções de cidadania e justiça”, destaca. A servidora Elaine Rocha, que coordena o projeto em parceria com Monica, concorda com a colega e ressalta: “O STJunior foi o melhor projeto de que tive a alegria de participar no Tribunal. Ele é uma verdadeira lição de cidadania”.

A reportagem de rádio intitulada “STJ combate os crimes nas redes sociais” foi produzida pela Coordenadoria de Rádio do Tribunal com a finalidade de informar ao cidadão sobre a realidade dos crimes virtuais dentro das redes sociais com uma linguagem clara e concisa, para que a população entenda a importância e a necessidade de se prevenir na internet. A reportagem também levanta um questionamento sobre mudanças na legislação brasileira para a proteção dos usuários da rede mundial de computadores.

O prêmio

O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça é uma iniciativa do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ), uma organização não-governamental sem fins lucrativos, voltada à promoção de debates e ações para aproximar à Administração Pública do cidadão.

Lançado em 2003, o prêmio visa contribuir para o aperfeiçoamento dos serviços das áreas de Comunicação a partir do destaque das experiências bem sucedidas no setor, reconhecendo e valorizando as práticas destinadas ao desenvolvimento da cidadania, da democratização das informações institucionais e da inclusão social, além da difusão de pesquisas científicas e trabalhos acadêmicos, sempre com o foco na comunicação pública.