STJ quebra sigilo da Operação Navalha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 30 de maio de 2007 as 11:17, por: cdb

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon quebrou, na noite desta terça-feira, o sigilo do inquérito que investiga as denúncias apontadas pela Operação Navalha, deflagrada pela Polícia Federal. Com a decisão, o processo deixa de tramitar em segredo de justiça. A decisão da ministra só foi divulgada na manhã desta quarta-feira.

Eliana Calmon decretou a quebra do sigilo diante da divulgação de vários fatos e documentos constantes do processo. – Todos os trâmites processuais estão sendo acompanhados de perto pela mídia, sendo inevitável a ostensividade das providências a serem adotadas na esfera judicial – disse ela na decisão, segundo o site do STJ.

A medida é necessária, para a ministra, pela esteira de boatos e maledicências que pairam sobre pessoas que nenhum envolvimento têm com os fatos em apuração. Segundo a relatora do processo, tornar público o inquérito facilitará a comunicação entre os órgãos estatais e apaziguará aflições injustificadas e desnecessárias.