Spam causa mais prejuízo do que vírus, diz análise

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 09:27, por: cdb

Uma recente pesquisa da mi2g, empresa britânica de segurança da informação, mostrou que o prejuízo com spam, em outubro, no mundo todo, chegou a US$ 10,4 bilhões. Os danos econômicos foram medidos a partir do impacto de ataques de negação de serviço (DoS) e perda de produtividade em empresas. Os efeitos do spam foram mais prejudiciais até do que os efeitos de malware (vírus, worms, trojans), que causaram perdas financeiras de US$ 8,5 bilhões no mesmo período, segundo a mi2g.

A empresa estima que os danos causados por ataques de crackers estão em declínio nos últimos doze meses, mas os danos causados por ataques de malware subiram em agosto e setembro, devido ao SoBig, Blaster e Swen. O relatório da mi2g também registrou um aumento nos ataques de negação de serviço (DoS) e nos seqüestros de computadores domésticos por grupos de spammers nos EUA, Rússia, Ucrânia e China desde julho.