Sorte grande

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 22 de outubro de 2003 as 10:51, por: cdb

O Brasil vem crescendo em média 1% ao ano nos últimos cinco anos. No mesmo período, o mercado de loterias no País cresceu 81,5%. Há explicação lógica de economistas e sociólogos: em tempos de crise, os jogadores apostam mais, correndo atrás da sorte grande. Pela disparidade dos índices de crescimento, a sorte grande parece só ter saído mesmo para as loterias.

ESVAZIAMENTO À VISTA
Não teve sucesso a primeira tentativa paulista de tirar do Rio e levar para São Paulo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), hoje presidida pelo carioca Alfredo Lopes. Há, porém, a certeza de nova investida em breve
.
A Abih não é o único alvo novo do apetite paulistano: setores do empresariado local reagem à manutenção da Feira da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) no Rio. Alguns empresários do setor em São Paulo já decidiram não participar da feira anual da Abras e criar uma dissidência ao fortalecer a Feira da Associação Paulista de Supermercados.

Tratamento caro
Amigos da Apae entraram com representação no Ministério Público do Estado pedindo apuração rigorosa das contas da entidade.

Entre os motivos do pedido de investigação está o aluguel de um veleiro na Europa para ensinar os menores excepcionais a navegar.

Terra arrasada
Sete programas da área da Saúde, criados no Governo FHC, foram desativados pelo Governo Lula. Todos eles, curiosamente, considerados fundamentais para o SUS.

Os tucanos apostam como em pouco tempo serão recriados exatamente iguais, só que com novo nome e com novas logomarcas de propaganda.

Feriadão
Os servidores terão fim de semana prolongado, por conta da antecipação do dia 28 para 27 das comemorações do Dia do Servidor Público.

Na próxima segunda-feira nada funcionará em Brasília e em outras repartições públicas no País.

Há repartições em que, por serem morosas, ninguém perceberá a folga.

Quase lá
Maria Beltrão, como era esperado, declarou-se ontem candidata à sucessão de Marcos Almir Madeira na Academia Brasileira de Letras, logo em seguida à sessão de saudade pela morte do imortal.

Beltrão tem 19 cartas de acadêmicos garantindo-lhe votos. Para considerar-se eleita, a candidata precisa de 20.

Convite
Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira foi convidado pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral, na cerimônia de posse da nova administração da Nuclep, para ocupar vaga no conselho de administração da empresa.

Não como presidente da Firjan, mas como empresário. Aceitou o convite na hora.

Nas nuvens
Há dias, um aviãozinho percorre a orla da Zona Sul arrastando uma faixa onde se lê: ”Dinamite nele”.

Vem a ser propaganda da candidatura de Roberto Dinamite à presidência do Vasco, fazendo oposição a Eurico Miranda na eleição do dia 3 de novembro.

Gilberto Ramos, economista, ex-vice-prefeito e vascaíno roxo é quem paga a brincadeira.

Orelhas quentes
O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Maurício Corrêa, receberá hoje os membros da comissão que estuda a Reforma do Judiciário na Câmara dos Deputados. As orelhas do presidente Lula certamente vão arder.

Resultado imediato
Em função do resultado da campanha publicitária do ”experimenta, experimenta”, a fábrica da Schincariol passou a operar de duas semanas para cá com 100% de sua capacidade.

O que não acontecia com a cerveja há cinco anos.

Mais desvio
Pousou ontem no STF mais um inquérito contra Jader Barbalho. Pede a apuração de desvio de recursos na desapropriação de um imóvel no Pará. O caso de supervalorização de indenização caiu nas mãos do ministro Marco Aurélio Mello.

Tudo de novo
Helio Viana entrará na Justiça do Rio na próxima semana com cinco ações contra Pelé, seu ex-sócio.