Soldados norte-americanos matam civis no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 29 de abril de 2003 as 08:13, por: cdb

Residentes da cidade de Al-Falluja afirmaram nesta terça-feira que pelo menos 12 pessoas foram mortas e cerca de 50 ficaram feridas em um tiroteio entre manifestantes civis e soldados dos Estados Unidos.

De acordo com uma testemunha, identificada apenas como um engenheiro de telecomunicações, o tiroteio irrompeu por volta das 22h de segunda-feira, quando uma multidão se aproximou de uma força do Exército norte-americano, baseada em uma escola, exigindo que deixasse a cidade.

O Comando Central dos Estados Unidos afirmou que estava investigando a notícia, já que não havia recebido nenhum relato sobre incidentes em Al-Falluja, que fica 50 quilômetros a oeste de Bagdá.

De acordo com o engenheiro, não ficou claro quem atirou primeiro.

O correspondente da CNN Kar Penhaul informou ter conversado com um soldado norte-americano, na cidade, e este lhe disse que alguns manifestantes abriram fogo, levando a tropa a reagir.

A emissora de televisão árabe Al-Jazeera disse que o incidente teria ocorrido depois que manifestantes atiraram pedras contra os soldados.

Cerca de 200 pessoas, segundo Al-Jazeera, realizaram o protesto contra a presença militar norte-americana no país, depois das orações da noite de segunda-feira, numa mesquita da cidade.