Soldados dos EUA atiram contra civis pelo segundo dia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 30 de abril de 2003 as 08:33, por: cdb

Pela segunda vez em três dias, soldados americanos na cidade iraquiana de Fallujah – a 50km de Bagdá – abriram fogo contra pessoas que participavam de uma manifestação.

Informações ainda não confirmadas dão conta de duas mortes. pelo menos duas pessoas teriam sido feridas.

O ataque aconteceu durante uma marcha com centenas de iraquianos, quando eles pararam do lado de fora do posto de comando de pára-quedistas americanos em Fallujah.

Um porta-voz americano disse que há uma investigação sobre o incidente em andamento, para verificar se tiros foram disparados contra os soldados americanos.

Rumsfeld

Empregados de um hospital da cidade disseram que 13 pessoas foram mortas no incidente de segunda-feira à noite, quando forças americanas na cidade reagiram depois de terem sido alvejadas por tiros.

Quarenta dias depois do começo da guerra, o secretário de Defesa americano, Donald Rumsfeld, visita o país.

Ele é o integrante mais graduado do governo dos Estados Unidos a visitar o Iraque desde a invasão.

Rumsfeld pegou um vôo até a cidade de Basra, no sul do país, a partir do Kuwait.

Ele disse que os iraquianos haviam sido liberados, não estando mais sob o poder de um regime “cruel”.

O secretário disse que isso era positivo não só para o Iraque, mas toda a região e para o mundo.

Rumsfeld esta fazendo um tour pelo Golfo, discutindo o futuro da presença militar americana na região.