Socorro à Grécia tende a superar os 20 bilhões de euros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 20 de fevereiro de 2010 as 14:06, por: cdb

Os países que usam o euro irão juntos prover uma ajuda de 20 a 25 bilhões de euros para a Grécia, segundo o Ministério das Finanças da Alemanha, informou uma revista alemã neste sábado. Citando “considerações iniciais” feitas pelo ministério, a revista semanal Der Spiegel disse que as participações de cada país no pacote de ajuda serão calculadas tomando por base a proporção de capital de cada um no Banco Central Europeu (BCE).

Um porta-voz do Ministério das Finanças da Alemanha disse que não comentaria a reportagem, que informou ainda que a ajuda se daria na forma de empréstimos e também de garantias. A parcela da Alemanha no pacote, por exemplo, seria de 4 a 5 bilhões de euros e ficaria a cargo do banco estatal KfW, disse a Der Spiegel. A operação estaria atrelada a diversas condições que teriam de ser cumpridas pelo governo grego.

A chanceler alemã, Angela Merkel, tem evitado, até o momento, pedidos para que o país e o bloco europeu como um todo socorram a Grécia, mesmo com a ameaça de que a moeda comum sofra caso os gregos não consigam gerenciar a situação. Em público, os alemães têm argumentado que eventual leniência tiraria pressão sobre a Grécia e outros países com grandes dívidas no zona do euro para que reduzam seus déficits.

Mas nos bastidores, membros do Parlamento alemão dizem que o governo está preparando algumas medidas caso o socorro se torne inevitável.