Sobe o nível de alerta contra atentados nos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de dezembro de 2003 as 08:05, por: cdb

O governo americano elevou o alerta contra ataque terroristas do país para o segundo nível mais elevado, passando-o de “elevado” para “alto”. O secretário de Segurança Nacional, Tom Ridge, disse que a decisão ocorreu depois que serviços de inteligência detectaram uma ameaça maior de ataques em solo americano.

Trata-se do nível de alerta mais alto desde maio, quando ataques suicidas ocorreram na Arábia Saudita e no Marrocos. Ridge afirmou que a ameaça de ataque poderia ser “maior agora” do que em qualquer outro momento desde os ataques de 11 de setembro de 2001.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, disse que mais policiais estarão nas ruas da cidade e mais patrulhas controlarão pontes, túneis e o que ele definiu como “locais proeminentes”.

Al-Qaeda

Bloomberg acrescentou que o nível de proteção na cidade era o máximo que poderia ser oferecido. Em uma entrevista coletiva em Washington, Tom Ridge disse ainda ter informações de que ativistas estrangeiros, especialmente da rede Al-Qaeda, queriam executar ataques pelo menos tão grande quanto os perpetrados contra Nova York e Washington há dois anos.

– Nós continuamos ouvindo sobre o interesse de se usar aviões com a intenção de realizar ataques contra alvos americanos – disse Ridge.

Segundo o correspondente da BBC em Washington, David Bamford, o tom do governo americano é um sinal de que não se trata apenas de uma simples preocupação, mas de algo mais sério.

O governo continua assegurando à população de que está em alerta contra ataques e que está preparado 24 horas”, segundo Tom Ridge. “A América não ajoelhará ao terror, nem será quebrada pelo medo”, falou.