Síria reitera que sua soberania não pode ser violada

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 4 de setembro de 2012 as 11:15, por: cdb

O ministro de Imprensa da Síria, Omran al-Zohbi, reiterou na segunda-feira (3) que a soberania síria não pode ser violada e o governo vai combater a qualquer tentativa de atacá-la.
Na coletiva à imprensa, Zohbi afirmou que o exército pró-governo está tentando recuperar a estabilidade do país, que é a pré-condição do diálogo político. Ele frisou que os oposicionistas que se opõem à interferência externa e concordam com a solução política têm liberdade de expressar suas opiniões na imprensa.

O porta-voz da chancelaria chinesa, Hong Lei, afirmou que diante a situação atual, todas as forças na Síria devem insistir na solução política. A China espera das forças sírias um cessar fogo imediato para pôr em prática as resoluções da ONU e as seis sugestões de Kofi Annan.

Na segunda (3) mesmo, o ministério das Relações Exteriores da Rússia condenou a força oposicionista da Síria por tentar atacar o aeroporto civil, considerando-o como uma violação brutal do direito internacional.

Fonte: Rádio Internacional da China

 

..