Síria ordena saída de diplomatas iraquianos do país

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 16 de abril de 2003 as 12:16, por: cdb

A Síria ordenou a saída de diplomatas iraquianos do país, informou a MSNBC, citando autoridades norte-americanas.

A rede de notícias norte-americana não deixou claro se o país expulsará diplomatas que estavam no país antes da guerra no Iraque ou se ainda autoridades do regime de Saddam Hussein que teriam fugido para a Síria.

A porta-voz do ministério das Relações Exteriores da Síria procurou atenuar hoje a tensão gerada pelas acusações recentes dos EUA contra o país, dizendo não acreditar que as declarações das autoridades norte-americanas são tão negativas quanto a imprensa revelou.

Separadamente, o ministro das Relações Exteriores, Farouq al-Shara, disse que o governo deseja assinar um tratado, sob supervisão das Nações Unidas, para que todo o Oriente Médio de desfaça de armas de destruição em massa.

“As coisas não são tão ruins assim. Não acredito que as declarações sejam tão negativas como a mídia tenta apresentá-las e acredito que os canais diplomáticos são mais tranquilos e mais construtivos”, disse Bouthayna Shaaban.

“Na verdade, vejo estas declarações por um tom positivo. O objetivo é encaminhar e conversar sobre as questões e não ameaçar”, disse.