SIP, uma ameaça à liberdade de expressão e à democracia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 19 de outubro de 2012 as 14:50, por: cdb

Convido todos vocês a lerem o artigo “SIP, uma ameaça à liberdade de expressão e à democracia”, editorial do portal Carta Maior nesta quinta, que reproduzimos a íntegra aqui no blog, em Nossos Convidados.

O texto constata que “a 68ª Assembleia Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), realizada de 12 a 17 de outubro, em São Paulo, mostrou mais uma vez que essa entidade, que na prática funciona como um sindicato dos donos dos grandes conglomerados de comunicação, representa hoje uma das mais graves ameaças à liberdade de expressão na América Latina”.

Traz questionamentos importantes e aponta que “enquanto os grandes empresários que dirigem a entidade e seus dedicados funcionários apontavam a “Ley de Medios” do governo argentino como uma das mais graves ameaças à liberdade de expressão e de imprensa no continente, o relator especial da ONU para a Liberdade de Opinião e de Expressão, Frank La Rue, dizia, em Buenos Aires, que essa lei é avançada e representa um “modelo para todo o continente e para outras regiões do mundo”.

??”O que a SIP considera uma ameaça – afirma o texto , o relator da ONU considera um avanço”. E continua “Desnecessário dizer que a SIP e os veículos de comunicação de seus dirigentes omitiram completamente as declarações do relator da ONU. O limite da liberdade de imprensa e de expressão que defende é exatamente o limite de seus interesses econômicos, nem mais nem menos”.

Não deixem de ler a íntegra. Cliquem aqui.

Comments are closed.