Sindicatos da Espanha convocam greve geral para 29 de março

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 10 de março de 2012 as 06:27, por: cdb

Sindicatos da Espanha convocam greve geral para 29 de marçoAs duas principais centrais sindicais espanholas, Confederação Sindical das Comissões Operárias (CC OO) e União Geral dos Trabalhadores (UGT), anunciaram a convocação deuma Greve Geral para o próximo dia 29 de março. Os sindicatos da Galiza, País Basco e Navarra convocaram uma paralisação geral para esta mesma data. A greve é em protesto contra a reforma trabalhista promovida pelo executivo de Rajoy, considerada pelos sindicatos como “a mais regressiva da história da democracia”

Esquerda.net

Os secretários-gerais da CC OO e da UGT, Ignacio Fernández Toxo e Cándido Méndez, anunciaram sexta-feira em conferência de imprensa que foi aprovada por unanimidade a convocação de uma Greve Geral para o próximo dia 29 de março em protesto contra a reforma laboral promovida pelo executivo de Rajoy, considerada pelos sindicatos como “a mais regressiva da história da democracia”, e pela defesa dos serviços públicos.

Para os representantes da CC OO e da UGT, esta é uma mobilização “justa e necessária” perante a “regressão social” provocada pela política posta em marcha pelo atual governo.

Em reação a esta convocatória, Soraya Sáenz de Santamaría, vice-presidente do Executivo, porta-voz e ainda ministra da Presidência do governo de Mariano Rajoy, afirmou que esta “não é a solução para o país” e que “os sindicatos terão que dar explicações pelas decisões que tomam”.

O Partido Nacionalista Basco e o Partido Popular já reprovaram também a decisão anunciada pelos secretários-gerais da CC OO e da UGT.

O partido Esquerda Unida congratulou, por sua vez, a decisão das centrais sindicais. Cayo Lara, citado pelo El Pais, defendeu que esta é uma “reforma duríssima, ante a qual o governo tem duas opções: ou negocia com os sindicatos e partidos dentro do trâmite parlamentar ou terá mais mobilizações”.

Na Galiza já foi convocada pela Confederação Intersindical Galega uma greve geral para 29 de Março. Para o País Basco e para Navarra, as centrais ELA, LAB, ESK, STEE-EILAS, EHNE e Hiru, também já anunciaram uma paralisação geral para esse mesmo dia.

Em 19 de fevereiro foram promovidas manifestações de protesto contra a alteração das leis trabalhistas e a facilitação das demissões, convocadas pelas CC OO e pela UGT, em cerca de 57 cidades espanholas, que, segundo o Publico espanhol, constituíram o maior protesto sindical dos últimos anos.

Foto: “Não à reforma laboral injusta”, manifestação de Madrid, 19 de fevereiro de 2012 – Foto do site das CC OO.