Sharapova recebe suspensão de 2 anos por caso de doping

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de junho de 2016 as 13:41, por: cdb

Em comunicado, a federação informou que a atleta de 29 anos e cinco vezes campeã de torneios de Grand Slam terá sua suspensão contada a partir de 26 de janeiro deste ano

Por Redação, com Reuters – de Londres:

A tenista russa Maria Sharapova, ex-número 1 do mundo, foi suspensa do esporte por dois anos pela Federação Internacional de Tênis nesta quarta-feira, após ter resultado positivo para a substância proibida Meldonium em um exame antidoping realizado no Aberto da Austrália deste ano.

Em comunicado, a federação informou que a atleta de 29 anos e cinco vezes campeã de torneios de Grand Slam terá sua suspensão contada a partir de 26 de janeiro deste ano.

A tenista russa Maria Sharapova, ex-número 1 do mundo, foi suspensa do esporte por dois anos
A tenista russa Maria Sharapova, ex-número 1 do mundo, foi suspensa do esporte por dois anos

Jogos do Rio

Stephen Curry não estará com a seleção de basquete dos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro para poder tratar de uma lesão no joelho, anunciou o melhor jogador da NBA na segunda-feira.

O jogador do Golden State Warriors perdeu quatro partidas na temporada por causa de um problema no joelho direito, mas voltou à ação em 9 de maio para ajudar seu time a assumir a liderança de 2 a 0 sobre o Cleveland Cavaliers na final da NBA.

No entanto, Curry decidiu não correr o risco de inflamar a lesão, ao participar do que seria sua primeira Olimpíada.

– Depois de muita reflexão e várias discussões com a minha família, os Warriors e meus representantes, eu decidi retirar o meu nome da lista de jogadores elegíveis na equipe dos EUA para os Jogos de 2016 no Brasil – disse Curry em comunicado divulgado pelos Warriors.

– Eu recentemente informei (o diretor de basquete dos EUA Jerry Colangelo) desta decisão.

Colangelo disse que o basquete norte-americano compreendia, mas estava desapontado por não ter Curry na defesa de sua medalha de ouro.

– Obviamente estamos decepcionados, mas entendemos e apoiamos totalmente sua decisão – disse Colangelo em um comunicado.

– Steph é duas vezes medalhista de ouro no Mundial da Fiba com grandes contribuições desde que começou a jogar pelos Estados Unidos no Campeonato Mundial Sub-19 da Fiba. Steph sempre representou o seu país de forma exemplar.

Curry, de 28 anos, provavelmente estará na disputa por um lugar nos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio.