Servidores do Ibama completam seis dias de greve

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 5 de outubro de 2004 as 17:45, por: cdb

As quinze unidades do Ibama no estado de São Paulo continuam nesta terça-feira a greve iniciada no dia 29 de setembro. Segundo as informações do Comando de Greve do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal no Estado de São Paulo (Sindisef/SP), “sem uma proposta não existe motivos para a greve parar”.

Na próxima quarta-feria haverá nova assembléia para discutir a continuidade da paralisação. Cerca de duzentos funcionários estão parados em todo o estado e só trabalham funcionários de confiança e chefias. De acordo com o Comando de greve, até o momento o governo não apresentou nenhuma nova proposta. 

Segundo o sindicato, a greve foi iniciada porque o governo não cumpriu quatro dos seis pontos do acordo firmado durante a greve ocorrida no ano passado. De acordo com o Sindisef/SP, os pontos desrespeitados são: enquadramento imediato dos aposentados e pensionistas na carreira de especialista em meio ambiente, extensão da gratificação concedida aos servidores da Agência Nacional de Águas (ANA) a todos os servidores da carreira de especialista em meio ambiente (gestor ambiental, gestor administrativo, analista ambiental, analista administrativo, técnico ambiental, técnico administrativo e auxiliar administrativo), transformação dos cargos de analista e técnico administrativos em analista e técnicos ambientais e enquadramento dos servidores de nível médio do Ministério do Meio Ambiente carreira de especialista em meio ambiente.