Servidores do BC mantêm greve

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 17 de maio de 2007 as 21:55, por: cdb

Os servidores do Banco Central decidiram nesta quinta-feira que vão continuar em greve. De acordo com o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), a proposta feita pelo governo, de fazer a reposição salarial a partir de maio de 2008, não foi aceita pela categoria, que pede a antecipação para janeiro de 2008.

Mesmo não aceitando a proposta, os servidores vão levar a questão para a assembléia marcada para esta sexta-feira, às 10 horas, em frente ao Banco Central, em Brasília.

Segundo a assessoria de imprensa do sindicato, a previsão é continuar a greve por tempo indeterminado.

A paralisação teve início no dia 3. A principal reivindicação da categoria é a equiparação dos salários com os ganhos dos auditores da Receita Federal.

Os funcionários do BC ganham, em média, R$ 7,1 mil, enquanto que os auditores da Receita, R$ 10,2 mil. O aumento, se aceito, seria equivalente a 43%.

Essa é quarta greve que os funcionários do Banco Central fazem neste ano.