Sepultado corpo de sem-terra morto em confronto no Paraná

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de setembro de 2003 as 10:05, por: cdb

O corpo de Paulo Sérgio Brasil, integrante do Movimento Nacional dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), foi sepultado na manhã desta quarta-feira em Mangueirinha, a 160 quilômetros de Guarapuava. Ele morreu durante confronto com seguranças da Fazenda Coqueiro, na região central do Paraná.

O confronto ocorreu quando os sem-terra tentavam entrar na fazenda para fazer uma roçada e foram barrados pelos seguranças. Eles alegam que foram vítimas de uma emboscada, pois teriam permissão para plantar em parte da área, mas quando chegaram para preparar a terra, teriam sido surpreendidos pelos tiros.

Nota oficial divulgada pela Trombini Florestal, proprietária da fazenda, afirma que os seguranças agiram em defesa pessoal e da propriedade. O presidente da Comissão de Mediação de Conflitos Agrários, padre Roque Zimmermann, acompanha as investigações. Esta é a quarta morte de sem-terra no Paraná neste ano.