Separatistas atacam gasoduto e causam explosão na Índia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 9 de março de 2003 as 09:03, por: cdb

Separatistas explodiram neste sábado um gasoduto estatal e o depósito de petróleo de uma refinaria no Estado indiano de Assam, ameaçando novos ataques nos próximos dias. Não houve vítimas e o prejuízo não foi divulgado.

Segundo a polícia, os ataques são os maiores em dois anos perpetrados pela Frente Unida pela Libertação de Assam, que defende a separação do Estado de 26 milhões de habitantes.

O incêndio, que se seguiu à explosão do depósito com capacidade para cinco milhões de litros, provocou chamas de até 70 metros de altura. Os habitantes locais foram removidos para a cidade vizinha e os bombeiros já controlaram o fogo.

A refinaria, a mais antiga do país, com mais de 100 anos, foi fechada por precaução, mas deve voltar a operar neste domingo, assim como o gasoduto. A segurança foi reforçada em todas as refinarias do Estado, que responde por 15% da produção petroleira indiana.

Entretanto, o comandante da Frente, Paresh Barua, declarou por telefone à Reuters que os separatistas planejam novos ataques.

“Promovemos esses ataques para registrar nosso protesto contra o governo indiano”, disse Barua, acrescentando que o grupo tem “ordem para continuar o ataque”. “Vamos mirar instalações petroleiras e as forças de segurança.”

A Frente, que luta pela independência de Assam desde 1979, acusa o governo indiano de explorar os recursos naturais do Estado e ignorar a economia local.