Senado vota destaques da reforma da Previdência nesta quinta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de novembro de 2003 as 20:57, por: cdb

Após aprovar o texto base da reforma da Previdência, o plenário do Senado começou a votar os destaques ao texto e chegou a derrubar o primeiro, mas logo depois, a pedido do governo, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), suspendeu a sessão, que será retomada na manhã desta quinta-feira.

A reforma aprovada nesta quarta-feira institui contribuição de 11% para os aposentados dos estados e municípios que ganhem mais de R$ 1.200 e de R$ 1.440 para os da União. Para ter a aposentadoria integral o servidor terá que ter pelo menos 60 anos, se homem, e 55 para mulher, contribuição de 35 anos para homem e 30 para mulher e 20 anos no serviço público, dez anos na carreira e cinco anos no cargo.

A paridade será definida na PEC paralela. Para os futuros servidores, não haverá aposentadoria integral, mas o teto será salarial será de R$ 2.400. Para receber mais, o servidor terá que participar de fundos de previdência complementar. A reforma também fixa teto no governo federal correspondente ao do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal.