Senado aprova comissão para analisar os altos custos da banda larga no Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 20 de março de 2010 as 17:34, por: cdb

A comissão do Senado que trata de assuntos ligados à defesa do consumidor aprovou um requerimento para a criação de um grupo de trabalho que terá como tarefa examinar os altos custos do serviço de telefonia e o alcance da banda larga no País. No requerimento encaminhado à comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização (CMA), o senador Renato Casagrande (PSB-ES) argumenta que o Brasil está em posição desfavorável em ranking de 159 países elaborado pela União Internacional de Telecomunicações (ITU, na sigla em inglês).

No ranking da ITU, que compara os países em termos de serviços de telecomunicações, o País aparece em 60.º lugar em acesso e em 87.º em custos. Não é a única lista que traz o Brasil em posição desfavorável, já que em outra pesquisa, divulgada em 28/1, por uma empresa de consultoria, o Brasil aparece como detentor da segunda tarifa mais cara do mundo em telefonia celular, atrás apenas da África do Sul.

O grupo de trabalho deverá analisar os custos das telefonias fixa e móvel, bem como as dificuldades de acesso aos serviços de banda larga. Também farão parte do grupo de trabalho senadores da comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT), que já havia aprovado o requerimento de Casagrande.