Seleção tem chegada confusa à Venezuela

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 8 de outubro de 2004 as 12:08, por: cdb

 A Seleção Brasileira chegou no final da noite desta quinta-feira a Maracaibo, na Venezuela, sob rigorosas medidas de segurança, para enfrentar no próximo sábado a Venezuela, em jogo da nona rodada das eliminatórias sul-americanas da Copa da Alemanha 2006. 
 
A delegação brasileira desembarcou no Aeroporto Internacional “La Chinita” de Maracaibo, onde foi recebida centenas de torcedores e a  travessia, sob forte dispositivo de segurança e com grande quantidade de policiais escoltando os atuais campeões do mundo, durou por volta de uma hora pelo forte tráfego e pela distância que há entre o aeroporto e o hotel, na cidade venezuelana.

Quando a escolta e o ônibus se aproximaram ocorreram gritaria e muitos empurrões e algumas pessoas ficaram feridas e pelo menos uma foi levada por uma ambulância. Não havia policiais no lugar e embora a administração da CBF tenha alertado para a possibilidade de tumulto na chegada do selecionado, as autoridades falharam.

A policia veio toda com a delegação, que precisou entrar por uma entrada lateral, onde ocorreu a primeira invasão. Logo depois, o restante do publico entrou no saguão principal do hotel, que ficou tomado por milhares de pessoas.

Os torcedores subiram pelas escadarias e tomaram os andares em busca dos jogadores que, àquela altura, já estavam escondidos nos apartamentos.

Nesta sexta-feira, no final da tarde, o Brasil, vai treinar e os jogadores farão um reconhecimento do gramado do estádio José Encarnación “Pachencho” Romero.