Seis suspeitos do atentado em Tel Aviv são presos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 3 de maio de 2003 as 08:53, por: cdb

A polícia da Grã-Bretenha prendeu seis pessoas acusadas de terem ligação com o ataque suicida que deixou quatro mortos em Israel na quarta-feira e teria sido desencarreado por um britânico.

Um suspeito foi detido em Londres na manhã deste sábado e, outros cinco, no interior da Inglaterra, na região de Midlands, na sexta-feira à noite.

Entre os seis presos, há duas mulheres. Todos estão sendo questionados em uma delegacia de polícia em Londres.

Asif Muhammad Hanif, de 21 anos, originário da capital britânica, é apontado como o autor do atentado suicida. A polícia israelense continua tentando encontrar o seu aparente cúmplice, Omar Khan Sharif, que seria da cidade inglesa de Derby.

Beira-mar

A explosão ocorreu em um café que fica em um passeio à beira-mar em Tel Aviv, perto da embaixada americana na cidade.

Além dos quatro mortos, houve mais de 50 feridos. Testemunhas disseram que o barulho da explosão foi ouvido em boa parte da cidade.

A frente do café ficou destruída, com pedaços da fachada espalhados por uma rua próxima.

Asif Muhammad Hanif, de 21 anos, é apontado como autor da explosão.

O suposto cúmplice, Omar Khan Sharif, que está sendo procurado, teria fugido do local depois que a bomba amarrada em seu corpo não explodiu.

Em Israel, fotos são mostradas pela imprensa e ele é apontado como “o homem mais procurado” do país.

Na sexta-feira, o ministro das Finanças da Grã-Bretanha, Gordon Brown, determinou o bloqueio das contas bancárias dos dois britânicos.

A BBC apurou que eles chegaram a buscar a orientação de um “líder espiritual” no norte de Londres.

O xeque Omar Bakri, da facção muçulmana Al Muhajuroun, admitiu ter se encontrado com Hanif e Sharif. “Para ser honesto, eu conhecia os dois, mas não além do que se espera numa relação aluno-professor”.

O clérigo, que fundou a facção fundamentalista islâmica na Grã-Bretanha, se negou a condenar o atentado suicida em Tel Aviv.