Seis ministros do Estado do Equador pedem demissão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de novembro de 2003 as 23:21, por: cdb

Seis ministros de Estado do Equador pediram demissão nesta segunda-feira para permitir ao presidente Lucio Gutiérrez a reestruturação de sua equipe de governo e o enfrentamento de uma crise desencadeada pela suspeita de que sua campanha eleitoral recebeu recursos do narcotráfico.

Gutiérrez, que assumiu o cargo em janeiro, está sob fogo cruzado desde a publicação de denúncias no jornal “El Comercio” de que sua campanha recebera US$ 30 mil de César Fernández, um empresário preso em outubro, acusado de envolvimento com o tráfico de drogas.

O presidente rechaçou a denúncia, que está sendo investigada pelo Parlamento e que, se confirmada, custaria a ele o cargo.

Em meio à crise, seis dos 15 ministros demitiram-se e os demais devem fazer o mesmo nos próximos dias, segundo o porta-voz Marcelo Cevallos.