Seguranças da Prefeitura de São Luís cobram salários atrasados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de outubro de 2012 as 15:51, por: cdb

 

Prefeito não paga trabalhadores


Cerca de 260 seguranças da rede municipal de ensino ocuparam nesta manhã de quarta-feira (24) a área externa da Secretaria Municipal da Fazenda para cobrar dois meses de salários atrasados e afirmam que somente deixarão o prédio após terem seus problemas resolvidos pelo prefeito João Castelo (PSDB).

Em contato com o blog, o presidente do Sindicato dos Vigilantes de São José de Ribamar e São Luís, Raimundo José Campos, informou que os trabalhadores decidiram iniciar o movimento de cobrança porque estão passando necessidades com suas famílias.

“As empresas contratadas para fazer a segurança nas escolas do município estão sem receber a cinco meses e usam isso como argumento para não pagar as indenizações dos que foram demitidos porque a prefeitura não renovou os contratos”, diz José Campos.

Castelo disse no debate da Rádio Mirante que a prefeitura não devia ninguém, mas para o presidente do sindicato, “se ele falou isso é porque não sabe o que se passa na sua administração, pois somente para as empresas que prestam serviço na área da Educação deve mais de R$ 3,5 milhões”, informou.

Raimundo José denunciou que é voz corrente entre os empresários do setor que a prefeitura não paga as empresas porque a deputada Gardênia Castelo só libera a fatura se deixar 20% para ela. “É isso que a agente ouve dos empresários quando vamos cobrar eles”, enfatizou.

“Nós somos obrigados a defender as empresas para que possamos receber o que nos é devido, por isso só vamos sair daqui quando nos apesentarem uma solução”, adiantou Raimundo José Campos.

Fonte: Blog do Jorge Vieira

 

..