Copa: Secretário-geral da Fifa critica desorganização do Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de junho de 2011 as 09:14, por: cdb
O Maracanã, que está em obras, recebeu críticas de que ainda não tem nível para uma competição mundial

O secretário-geral da Associação da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jerome Valcke, criticou nesta sexta-feira a lentidão nas obras dos aeroportos e estádios para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Em entrevista coletiva em Moscou, na Rússia, Valcke foi incisivo inclusive nas críticas à qualidade do Maracanã afirmando que o estádio ainda não tem nível para uma competição mundial.

– Parece que o Brasil está mais preocupado em ganhar a Copa do Mundo do que organizá-la –, disse o secretário-geral da Fifa.

– Há estádios, não temos aeroportos –, acrescentou Valcke.

– O Maracanã ainda não é um estádio com nível para uma competição mundial.

Segundo Valcke, as 12 cidades que sediarão a Copa do Mundo em 2014 no Brasil devem estar prontas a partir do ano que vem para eventuais testes a que serão submetidas. As cidades onde ocorrerão os jogos são: São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Curitiba, Manaus, Natal, Porto Alegre, Salvador, Cuiabá e Rio de Janeiro.
 
Em abril, o presidente reeleito da Fifa, Joseph Blatter, depois de criticar a organização a Copa do Mundo de 2014, disse estar satisfeito com o detalhamento das obras enviado pela Confederação Brasileira de Futebol (CPF). Blatter foi reeleito no começo deste ano para um mandato que termina apenas em 2015.

Na página Copa do Mundo de 2014, mantida com apoio do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco), é possível acompanhar o andamento das obras dos estádios onde ocorrerão os jogos. Ao clicar sobre cada imagem, na qual há uma fotografia do estádio, existem informações sobre o custo da obra e o andamento do processo.