Secretaria municipal de Educação trabalha a prevenção da obesidade com alunos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 10 de março de 2012 as 10:31, por: cdb

Tweet

   Preocupada com a saúde, principalmente, no que se refere à obesidade, dos alunos da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Porto Velho através da secretaria municipal de Educação (Semed), realiza a ‘Semana de Saúde na Escola’, a ação faz parte de um programa do governo federal que visa melhorar a qualidade de vida dos alunos.

   Janaína Ferreira de Lima da Divisão de Saúde Escolar da Semed fala que, inicialmente, o programa está sendo implantado nas escolas Elenilson Negreiros, no Bairro Socialista, Maria Isaura, no Costa e Silva, Ulisses Soares, no JK I, Cor de Jambo, no Caladinho, e Nossa Senhora da de Nazaré no Distrito de Nova Mutum.     “Vamos iniciar com estas cinco escolas e para o ano que vem pretendemos ampliar até alcançarmos toda a rede de ensino. Nesta semana, uma equipe de saúde da família está indo a estas escolas e realizando a avaliação antropométrica (peso x altura = Índice de Massa Corporal), com ele verificamos se a criança é obesa ou está desnutrida. Depois disso conversamos com os pais ou responsáveis e encaminhamos para uma Unidade Básica de Saúde, onde é feito o acompanhamento”, explica Janaína.

Aplicação

   O Programa de Saúde nas Escolas é uma parceria do Ministério da Saúde com o da Educação, e neste ano traz o tema nacional: Prevenção da Obesidade. “O Ministério da Educação dá para nós do município uma meta que é atender um total geral de novel mil alunos no Programa Saúde na Escola. Desses, 4.500 são avaliados clinicamente e psicossocial. Os outros 4.500 trabalhamos com oficinas, palestras e demais atividades sobre diferentes temas, entre eles alimentação saudável e esporte e lazer”, afirma Janaína Ferreira. 

    A importância das ações do programa é a possibilidade da Semed avaliar nutricionalmente todos os alunos da rede e a partir disso determinar o índice de obesidade nas escolas. Isso porque a secretaria já trabalha com uma merenda balanceada, feita por nutricionistas da Divisão de Alimentação Escolar. “Esta alimentação é oferecida nas escolas e creches. E as crianças diagnosticadas com sobrepeso terão também dentro das oficinas de esporte e lazer, um estímulo, por parte do profissional de educação física, para participar de atividades extracurriculares que melhorem seu condicionamento e adquiram a prática de exercícios físicos e de hábitos saudáveis”, conta Janaína.

Por: Rebeca BarcaFotos: Frank Néry< Anterior Próximo &gt