Secretaria garante qualidade da água liberada para três municípios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 12 de abril de 2003 as 17:49, por: cdb

A Secretaria de Saúde, que na sexta-feira (11/04) à noite havia liberado o consumo de água para a população dos municípios de Campos, São Fidélis e Aperibé, garantiu neste sábado (12/04) que a qualidade da água liberada está totalmente dentro dos padrões internacionais de potabilidade.

“Estamos seguindo à risca a determinação da governadora Rosinha Garotinho para que a água só seja liberada quando atingir todos os padrões estabelecidos, atendendo a portaria 1.469/2000 do Ministério da Saúde. O controle é rigoroso. A população pode ficar tranqüila em relação à qualidade da água liberada”, disse a subsecretária Alcione Ataíde.

A subsecretária adiantou que a distribuição da água no município de São João da Barra ainda não foi liberada porque os exames laboratoriais ainda mostram alterações nos padrões estabelecidos.

Alcione Ataíde ainda informou que a coleta de água para análises laboratorais nas cidades de Santo Antônio de Pádua, Cambuci e Miracema só começará a ser feita na segunda-feira. Enquanto isso, os dois municípios continuarão a utilizar as fontes alternativas de fornecimento de água.

Para reforçar a análise da água em Campos, distribuída pela Concessionária Águas do Paraíba, o governo estadual vai montar nesta terça-feira (15/04) uma ação conjunta com as Secretarias de Saúde do estado e do município, em parceria com a Funasa, para rastrear a água dos vários poços artesianos que foram abertos em função da falta de água na cidade.

O Estado vai também disponibilizar um laboratório volante para análise da água desses novos poços e intensificar o combate à dengue, eliminando possíveis focos existentes. Toda a ação vai se estender nos próximos 30 dias.

Segundo a subsecretária, “não há mais volume tóxico para contaminar outras áreas, já que a tendência é que sejam diluídas”. As análises são realizadas pelos laboratórios Noel Nutels, Analitical Solutions e M&B-Assessoria Ambiental.

Durante os próximos sete dias, serão feitas análises diárias no reservatório de distribuição da Concessionária Águas do Paraíba, que abastece Campos, e da Cedae, que fornece água para Aperibé e São Fidélis.

Os municípios foram atingidos pelo acidente ambiental provocado pelo vazamento de 1,2 bilhão de litros de produtos químicos provenientes da Indústria Cataguazes de Papel, em Minas Gerais.