Se segura, malandro!

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de maio de 2003 as 08:52, por: cdb

Basta um domingo de sol para fazer um carioca sair de casa e curtir o dia nas praias do Rio. Mas a regra não valeu para as 22 mil pessoas que estiveram ontem no Autódromo de Jacarepaguá, acompanhando de perto a quarta etapa do campeonato da Stock Car.

Quem esteve neste domingo no autódromo, certamente saiu de lá com uma certeza: o homem a ser batido neste campeonato não é nenhum veterano. Seu nome: David Muffato. O piloto paranaense venceu pela terceira vez consecutiva no campeonato e agora lidera a competição, com 75 pontos.

Com a vitória, Muffato reafirmou sua posição a favor da ética, depois da polêmica armada nos últimos dias. A origem está na acusação de Muffato contra a equipe de Xandy Negrão, de ter treinado por dois dias na semana passada, em Brasília, usando os pneus importados que a categoria estreou na corrida deste domingo, o que é contra o regulamento.

Verdade ou não, a suspeita tornou-se ainda maior depois que Negrão e outros pilotos de sua equipe foram à pista e baixaram sensivelmente os tempos durante os treinos. Com Xandy na pole, coube a Muffato fazer uma corrida de administração, que resultou no abandono de Negrão, a duas voltas para o final, deixando o caminho livre para o paranaense da equipe Repsol-Boettger.

Como em toda disputa, o perdedor poderá sentir um gosto ainda mais amargo na derrota. E, no que depender das declarações de Muffato, a briga está apenas começando: “Nem sempre os malandros se dão bem. O mundo é redondo, dá voltas e as coisas acabam se ajeitando”.

Alexandre Carvalho é jornalista.
E-mail: formula1@ism.com.br