Schwarzenegger declara estado de emergência

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de dezembro de 2003 as 02:59, por: cdb

O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, declarou na última terça-feira o estado de emergência por causa do terremoto de intensidade 6,5 que atingiu o centro da Califórnia e que matou duas pessoas e feriu mais de 40.

Schwarzenegger fez o anúncio durante uma visita à localidade de Paso Robles, a mais afetada pelo tremor de San Siméon, como é chamado o terremoto que atingiu a Califórnia na última segunda-feira, e cerca de 300 quilômetros ao norte de Los Angeles.

Os trabalhadores de resgate concluíram hoje a busca de sobreviventes no terremoto.

Duas mulheres de 19 e 55 anos, empregadas de uma loja de roupa, morreram na queda do segundo andar de um edifício antigo em Paso Robles.

Inicialmente, as autoridades assinalaram que havia três mortos, mas a cifra foi reduzida para dois depois da conclusão da inspeção do edifício com a ajuda de cachorros.

A declaração do estado de emergência implica no destino de fundos estatais para consertar os danos causados pelo tremor.

Schwarzenegger visitou Paso Robles e outras áreas afetadas para avaliar pessoalmente os danos causados pelo terremoto mais forte dos últimos quatro anos neste estado.

O tremor deixou sem eletricidade mais de 75.000 lares e lojas e ocasionou danos em cerca de 80 edifícios em San Luis Bispo, a mais ou menos 50 quilômetros do epicentro, muito perto do Castelo de San Simeón.

Este castelo-museu do excêntrico magnata da imprensa William Randolph Hearst, um lugar histórico visitado diariamente por centenas de turistas, não sofreu danos de envergadura, mas teve que ser esvaziado.

O governador prometeu aos habitantes de Paso Robles a reparação dos edifícios danificados e o restabelecimento da energia elétrica.

O tremor reviveu os temores de que aconteça o ‘Big One’, o grande terremoto que, segundo estudos recentes, inevitavelmente acontecerá em um futuro próximo na Califórnia.

– Isto é só uma advertência – assinalou Ross Stein, porta-voz do escritório do Instituto Geológico dos Estados Unidos em Menlo Park (Califórnia), que acrescentou que o tremor fez as montanhas próximas crescerem 30 centímetros em altura.

– Esta é uma terra de terremotos e precisamos estar preparados para o futuro – acrescentou o geólogo, que falou que existem entre 5 e 10 por cento de possibilidades de acontecerem tremores de maior intensidade nos próximos dias.

Por enquanto, já aconteceram na área pelo menos 14 réplicas de magnitude 4 ou ainda maior, segundo o Instituto Geológico.