Schroeder vence as eleições na Alemanha por pequena margem de votos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 23 de setembro de 2002 as 01:23, por: cdb

O chanceler Gerhard Schroeder conseguiu a reeleição na Alemanha com, 47,1% dos votos contra 45,9% do democrata cristão Edmund Stoiber. Os social democratas coligados com os verdes conseguiram 305 assentos no Parlamento contra 294 dos democratas cristãos aliados aos democratas livres. Ainda falta contar 1% dos votos mas o quadro não deve se alterar.

Schroeder comemorou na sede dos social democratas de braços com o ministro do Exterior Joschka Fischer, do Partido Verde: “Temos tempos difíceis à nossa frente e vamos enfrentá-los juntos,” disse.

Stoiber falou aos seus correligionários em Munique afirmando que o novo governo de Schroeder não terá força suficiente para manter sua coalizão por muito tempo. “Digo e repito: esta coalizão não vai curar a economia do país e não haverá a libertação da Europa e dos Estados Unidos,” disse Stoiber. Ele afirmou ainda que o atual Chanceler terá que reparar o relacionamento com Washington por conta da declaração da ministra da Justiça, Herta Daeubler-Gmelin, que comparou os métodos do presidente americano George W. Bush aos usados por Adolf Hitler.

Fontes do governo diseram que Herta não fará parte do novo gabinete. Scroeder aumentou sua popularidade quando se colocou contra uma intervenção militar no Iraque e afirmou que não mandaria efetivos alemães mesmo que as Nações Unidas aprovassem uma ação contra Bagdá.