Saúde orienta usuários sobre medicamentos de baixa validade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de abril de 2012 as 07:47, por: cdb

A Secretaria de Saúde está alertando os usuários da Farmácia Municipal quanto aos medicamentos de baixa validade (termo técnico para remédios com validade próxima do vencimento). Por lei, medicamentos dentro da validade de consumo não podem deixar de ser entregues, mas o Departamento de Assistência Farmacêutica (DAF) tem verificado que vários usuários retiram medicamentos da Farmácia e não seguem a orientação médica quanto à posologia (quantidade diária do remédio a ser consumida).

– Muitas vezes verificamos que a prescrição é para o paciente usar o medicamento por um período específico, tantas vezes por dia, e ele acaba não tomando a quantidade ou a dosagem prescrita, ficando com o remédio além do prazo indicado para o uso e já com a validade vencida – explica a coordenadora do DAF, Bruna Araújo.

Conforme a coordenadora, em cada receita vem a indicação do medicamento, com a posologia e o tempo em que o remédio deve ser usado. “Por exemplo, o médico prescreve três comprimidos de Codex diariamente, por um mês. O usuário apresenta a receita e recebe sete caixas de Codex, pois cada caixa vem com 12 comprimidos. Quando o paciente retirou o medicamento da farmácia, ele tinha mais três meses de validade. Aí, o paciente, ao invés de tomar três comprimidos/dia, toma um ou não toma o remédio todos os dias. Vai expirar o prazo de validade e o paciente vai ter em casa um medicamento vencido”, explica.

 Para que não aconteçam mais casos como o exemplificado, todo medicamento de baixa validade receberá carimbo, com orientação do farmacêutico do Departamento, dando ciência ao usuário do prazo em que o medicamento deve ser consumido.

– A orientação da Secretaria de Saúde, em conformidade com a orientação do próprio Ministério da Saúde, é que todos os usuários que estejam com medicamentos vencidos devolvam o produto em qualquer farmácia. Também as equipes do Departamento de Assistência Farmacêutica, que funciona na sede da secretaria, estão à disposição dos usuários que tiverem qualquer dúvida sobre o assunto – destaca a coordenadora do Departamento de Assistência Farmacêutica.
 
Farmácia Municipal – A Secretaria de Saúde ampliou de 136 itens (em 2008) para 339, a quantidade de medicamentos disponibilizados pelo município à população. Dos 339 itens da Farmácia Municipal, 238 são medicamentos da Farmácia Básica (incluindo os controlados) e 101 são medicamentos sujeitos a processos administrativos.

Postado por: Thábata Ferreira – 18/04/2012 10:29:00

Últimas Notícias…