Saúde faz consulta pública para Linha de Cuidado do Infarto Agudo do Miocárdio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 21 de setembro de 2011 as 09:45, por: cdb

Christina Machado
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Saúde publicou hoje (21), no Diário Oficial da União, consulta pública para receber sugestões sobre uma linha de cuidados relativos ao infarto agudo do miocárdio.

A consulta estará aberta por 30 dias, a contar de hoje, no endereço eletrônico coronariaaguda@saude.gov.br. As sugestões enviadas deverão, “preferencialmente, estar fundamentadas em estudos clínicos de fase 3 – realizados no Brasil ou no exterior; meta-análises de ensaios clínicos e estudos de custoefetividade”.

As medidas que criam o protocolo da síndrome coronariana aguda e ampliam a assistência no Sistema Único de Saúde (SUS) a vítimas de infarto agudo do miocárdio foram anunciadas pelo ministro Alexandre Padilha durante o 66º Congresso Brasileiro de Cardiologia, realizado de 16 a 19 deste mês.

A doença é a principal causa de mortes atualmente no Brasil, juntamente com o acidente vascular cerebral (AVC), segundo o Ministério da Saúde. As ações fazem parte da rede Saúde Toda Hora, lançada este ano pelo governo federal, e preveem unidades com leitos para os pacientes de síndromes coronarianas, a instalação de unidades de terapia intensiva (UTIs) específicas em todas as regiões do país, a inclusão de medicamentos, o aumento de valores de procedimentos e a instalação de tele-eletrocardiograma nas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192). O investimento será de R$ 234,4 milhões até 2014.

Edição: Graça Adjuto