SATÉLITE DE EUA E ARGENTINA MAPEIA SALINIDADE DOS OCEANOS

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 23 de setembro de 2011 as 10:07, por: cdb

NOVA YORK, 23 SET (ANSA) – O primeiro mapa global da salinidade dos mares foi finalizado com os dados recolhidos pelo satélite Aquarius, lançado em junho por meio de um projeto conjunto da Agência Espacial Norte-Americana (NASA) e a Comissão Nacional de Atividades Especiais (CNAE) da Argentina.
   
O mapa é fundamental para compreender e prever os movimentos das massas de água e os câmbios climáticos em curso no mundo.
   
“Trata-se de um grande momento na história da oceanografia”, comentou Arnold Gordon, membro do grupo de pesquisa Aquarius e professor da Universidade de Columbia.
   
Segundo ele, “as primeiras imagens recebidas já levantam muitas interrogações para as quais devemos encontrar uma resposta”.
   
O mapa confirma alguns dados já conhecidos relativos a uma alta salinidade das zonas subtropicais e concentração muito mais elevada no Oceano Atlântico, comparado com o Pacífico e o Índico.
   
Aquarius continuará monitorando as eventuais mudanças para descobrir as relações com as mudanças climáticas. (ANSA)