São Paulo x Coritiba: jogo de seis pontos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 7 de outubro de 2002 as 23:12, por: cdb

A tradicional expressão “jogo de seis pontos” combina perfeitamente com o confronto entre São Paulo e Coritiba, marcado para às 20h30 desta quarta-feira, no estádio do Morumbi.

Adversários diretos na luta pela classificação à segunda fase do Campeonato Brasileiro – apenas os oito primeiros garantem vaga -, paulistas e paranaenses entram em campo dispostos não somente a somar mais três pontos, mas também a evitar que o adversário o faça.

O São Paulo, que encerrou um jejum de cinco jogos sem vitória na competição ao bater o Flamengo no final de semana, está na sexta posição. O clube do Morumbi somou 25 pontos em 16 jogos – aproveitamento de 52,08%.

Já o Coritiba, que folgou na última rodada, mas vem de derrota para o São Caetano, está na quarta colocação, com 26 pontos.

Porém a vantagem do Coxa é ter disputado apenas 14 partidas e ostentar um aproveitamento melhor que os paulistas: 61,9%.

Por isso, os jogadores são-paulinos consideram essa partida como chave para a equipe dentro do Brasileiro. Um derrota para o Coritiba atuando em casa poderá deixar o Tricolor Paulista fora da zona de classificação ao final da décima sétima rodada, nesta quarta-feira.

“Será um jogo chave para nós. O Coritiba é um adversário forte, que já liderou o campeonato”, afirmou atacante Reinaldo, que pediu o apoio total da torcida, apesar da data inusitada da partida. “Precisamos do estádio cheio para pressionar o Coritiba”, acrescentou.

Kaká acredita que a partida contra o Coritiba precisa ser o ponto de partida para a equipe deslanchar na competição. “A gente sempre fala que tem que embalar e não consegue. Mas agora chegou a hora”, avisou o meia, que vem atuando muito bem.

Além do apóio da torcida, outro fator também está sendo importante rumo a arrancada. Pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, o técnico Oswaldo de Oliveira poderá repetir a mesma escalação em dois jogos seguidos, afinal todos os jogadores estão à sua disposição.

“Será importante para aumentarmos ainda mais o entrosamento do grupo”, comentou o técnico são-paulino.

Se Oswaldo está rindo à toa, o técnico do Coritiba, Paulo Bonamigo, está muito preocupado. Sete titulares estão sentido contusões – Reginaldo Araújo, Edinho Baiano, Reginaldo Nascimento, Tcheco, Lúcio Flávio, Da Silva e Lima – e ainda são dúvidas.

No entanto, o treinador do Coxa pediu superação aos atletas. “Estamos chegando em um momento decisivo e temos um jogo muito importante pela frente. Está na hora de jogar no sacrifício”, afirmou Bonamigo. Dos sete, Reginaldo Nascimento é o que mais preocupa.

No quesito reforços, o Coritiba poderá ter o retorno de Sérgio Manoel, que está recuperando de uma grave lesão no tornozelo. “Foi um esforço que eu tive, treinando sem parar nos últimos tempos, e agora eu sou recompensado com essa recuperação”, disse o experiente meia.

SÃO PAULO x CORITIBA

Data: 8/9/2002 (terça-feira)
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Horário: 20h30
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (RJ)
Transmissão: PPV

São Paulo
Rogério Ceni; Gabriel, Ameli, Jean e Jorginho Paulista; Maldonado, Fábio Simplício, Kaká e Ricardinho; Luís Fabiano e Reinaldo
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Coritiba
Fernando; Reginaldo Araújo, Pícolli, Edinho Baiano e Adriano; Reginaldo Nascimento (Willians), Roberto Brum, Sérgio Manoel (Tcheco) e Lúcio Flávio; Da Silva e Lima.
Técnico: Paulo Bonamigo