São Paulo goleia o Gama por 5 a 1

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 2 de abril de 2003 as 23:53, por: cdb

De virada, o São Paulo venceu e convenceu. Com uma goleada por 5 a 1 contra o Gama, na noite desta quarta-feira, no Morumbi, o tricolor conseguiu se classificar para as oitavas-de-final da Copa do Brasil.

No jogo de ida, em Brasília, a partida havia acabado empatada por 2 a 2. O resultado classificava o tricolor paulista mesmo em caso de empate por 1 a 1. O adversário do São Paulo será o Figueirense, que também obteve vaga nesta noite de quarta-feira.

O início da partida desanimou a torcida. Mesmo jogando melhor, o time do Morumbi levou o primeiro gol. Sem abater-se, o tricolor atropelou o Gama, com uma bela exibição, especialmente no segundo tempo.

A vitória trouxe um certo alívio para o técnico Oswaldo de Oliveira, que continua com seu emprego a prêmio devido à sequência de resultados insatisfatórios – havia quatro jogos que o São Paulo não vencia.

Leonardo e Kaká, contundidos, continuaram fora do time. O São Paulo volta a campo no domingo, pelo Brasileirão. A equipe enfrentará o Cruzeiro, um dos favoritos ao título, no Morumbi.

O jogo
O São Paulo iniciou a partida em ritmo acelerado, tentando resolvê-la logo no início. O tricolor teve duas ótimas oportunidades antes dos três miutos da partida. Impaciente por não conseguir marcar o gol, o tricolor paulista permitia contra-ataques perigosos do Gama.

Aos 18min, Gustavo Nery arriscou de fora da área, mas a bola subiu muito. Na sequência, o troco do Gama. Em uma cobrança de falta pela esquerda, a defesa são-paulina tentou fazer uma linha de impedimento, mas se equivocou. A bola sobrou para Leonardo Manzi, que perdeu um gol incrível. Sozinho, ele tentou dar um chapéu em Rogério Ceni e foi impedido pelo goleiro, que jogou a bola para escanteio.

Na cobrança do escanteio, aos 23min, nova falha da defesa tricolor. Nem subiu mais do que os zagueiros são-paulinos e abriu o placar para o time brasiliense. O São Paulo não se abalou com o gol e continuou no ataque.

Aos 27min, Luís Fabiano cortou o zagueiro do Gama, mas pegou mal na bola. O alviverde quase ampliou aos 34min, em nova flha de posicionamento da defesa tricolor.

Bastava um gol para o São Paulo se classificar. Aos 35min, Luís Fabiano bateu cruzado, de fora da área, mas a bola passou rente ao travessão superior da meta do Gama. Aos 41min, Fabiano teve a chance de empatar a partida, mas desperdiçou a chance.

O São Paulo voltou para o segundo tempo disposto a mudar a história da partida sem Rogério Ceni, que havia se machucado no lance com Leonardo Manzi e permaneceu no gramado, no sacrifício, até o final do primeiro tempo.

De tanto tentar, o São Paulo chegou ao gol. Aos 15min, Luís Fabiano aproveitou cobrança de escanteio e subiu no meio de dois zagueiros da equipe brasiliense para empatar o jogo e assumir a vice-artilharia do torneio.

Gabriel fez o segundo aos 24min, aproveitando jogada de Luís Fabiano. Em dois minutos, o São Paulo fez dois gols. Kléber, que entrou bem no lugar de Marco Antônio, fez aos 36min, e Reinaldo, aos 38min, ampliou.

Para fechar a goleada, Fabiano fez aos 42min, após ótima jogada de Ricardinho. Reinaldo ainda quase fez o sexto, em uma jogada genial, de cobertura, aos 45min. A bola bateu na trave superior da meta do Gama.

SÃO PAULO 5 X 1 GAMA

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Alexandre Lourenço Barreto (RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Marcelo Oliveira e Silva (RS)
Cartões amarelos: Fabiano (S), Júlio Baptista (S), Rodriguinho (G), Leonardo Manzi (G), Adelmo (G), Júlio César (G), Gabriel (S), Weslei (G), Romualdo (G)
Gols: Nem, aos 23min do primeiro tempo; Luís Fabiano, aos 15min, Gabriel, aos 24min, Kléber, aos 36min, Reinaldo, aos 38min, e Fabiano, aos 42min do segundo tempo.

São Paulo
Rogério Ceni (Roger); Gabriel, Jean, Gustavo Nery e Fabiano; Fábio Simplício (Gallo), Júlio Baptista, Marco Antônio (Kléber) e Ricardinho; Reinaldo e Luís Fabiano
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Gama
Júlio César; Gustavinho, Nen, Emer