São José dos Pinhais abastece metade da demanda dos restaurantes populares de Curitiba

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de março de 2012 as 08:41, por: cdb

Texto:
diminuiraumentarCompartilhe: 13/mar/2012 – 11:04

 

Produtores Rurais de SJP visitam cozinha de restaurantes populares de Curitiba – Foto: Secretaria de Agricultura de SJP

Metade dos alimentos consumidos pelos quatro restaurantes populares de Curitiba sai do cinturão verde de São José dos Pinhais, maior produtor de hortaliças da Região Metropolitana.  Para ver seus produtos chegando à ponta oposta, que é o consumidor, um grupo de agricultores familiares de São José dos Pinhais vinculados à Central das Cooperativas de Processamento Alimentar (Copasol) visitou os restaurantes da capital na última sexta-feira.

Os alimentos são fornecidos pelas cooperativas de São José dos Pinhais a partir do Plano de Aquisição de Alimentos (PPA, antigo Fome Zero) para a Prefeitura da capital, que prepara cerca de 5 mil refeições/dia nos restaurantes populares da Praça Rui Barbosa, centro da cidade, e dos bairros do Sítio Cercado, Pinheirinho e CIC.

“Foi importante conhecermos os restaurantes e seu processo de organização para melhorar o nosso trabalho nas cooperativas como fornecedores”, afirma Amélio Valaski, presidente da Copasol. Os grupos visitaram os estoques e cozinhas dos restaurantes e puderam experimentar o produto final de seu trabalho.

No restaurante popular, secretário de Agricultura e agricultores experimentaram o produto final de seu trabalho

Amélio lembra que o fomento da Prefeitura de São José dos Pinhais, através da Secretaria de Agricultura, é essencial para o sucesso dos produtores. “A Secretaria de Agricultura é uma grande parceira das cooperativas. Eu sempre digo para os produtores que nós precisamos de parcerias para crescermos”, finaliza.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura de São José dos Pinhais, Pedro Persegona, o objetivo principal da Copasol é agregar valor à produção e credenciar as cooperativas a participar do PPA e de licitações para o fornecimento de alimentos. “É fundamental os produtores participarem deste tipo de visita e conhecerem o padrão de qualidade que existe nos restaurantes. Eles são incentivados a melhorar o padrão de seu trabalho cada vez mais”, afirma.

Logue-se ou registre-se para poder enviar comentários