Santorum perde a chance em Michigan e agora foca em Ohio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 06:02, por: cdb

Santorum perde a chance em Michigan e agora foca em Ohio

Por Sam Youngman

GRAND RAPIDS, Estados Unidos, 29 Fev (Reuters) – Após perder uma chance de ouro para destronar o favorito Mitt Romney, o pré-candidato republicano à Presidência dos EUA Rick Santorum começa agora a reformular sua mensagem para disputar a “Super Terça”, na semana que vem, quando 10 Estados se pronunciam na disputa pela indicação republicana à disputa pela Casa Branca.

Santorum e Romney chegaram à primária de Michigan em situação de empate técnico nas pesquisas, e uma derrota de Romney no seu Estado natal poderia mudar totalmente os rumos da disputa.

Em discurso após a divulgação dos resultados, o ex-senador deixou de lado as questões sociais que marcam sua campanha conservadora e abordou temas que interessam à classe trabalhadora, e que serão decisivos em vários Estados da “Super Terça”, inclusive o estratégico Ohio.

Foi um discurso que pareceu voltado também para o eleitorado feminino, com menções iniciais à mulher dele, à sua avó, de 93 anos, e à sua filha Elizabeth. Numa fala breve, ao contrário do habitual, ele enfatizou temas como aumento da gasolina e revitalização do setor industrial.

“Somos um país que acredita em governo grande, que acredita nos espertos da elite desse país para nos gerir, ou acreditamos em gente livre e economia livre e na construção de uma América grande de baixo para cima?”, afirmou ele.

Para o estrategista republicano Matt Mackowiak, Santorum desperdiçou uma “oportunidade fantástica” em Michigan. Num dos seus piores momentos dos últimos dias, ele chamou de “esnobe” o presidente Barack Obama, candidato à reeleição, por ter defendido que todos os norte-americanos frequentem a universidade.

“A mensagem dele não foi focada, e ele criou minipolêmicas com uma retórica exagerada a respeito do discurso de Kennedy em 1960, do desejo do presidente Obama de melhorar o acesso à faculdade e da recente questão espinhosa da contracepção, e tudo isso tornou fácil para a mídia e para a campanha de Romney defini-lo como extremista e inelegível”, disse o estrategista republicano Matt Mackowiak.

Diante das aparentemente infindáveis idas e vindas da disputa republicana, Santorum não admite a derrota, e vai passar o resto da semana fazendo campanha em Tennessee, no Estado de Washington e principalmente em Ohio.

“Para que Santorum aproveite ao máximo a próxima semana até a ‘Super Terça’, ele precisa refocar sua mensagem quanto ao seu apelo aos operários e à classe média, com menos foco em questões sociais”, disse Mackowiak.

“Depois dessa noite, Santorum precisa vencer em Ohio para sobreviver à ‘Super Terça’ com um caminho realista até a indicação.”

Reuters